Pular para o conteúdo principal
InicioBlogCiência de dados

As 32 principais perguntas e respostas da entrevista da AWS para 2024

Um guia completo para explorar as perguntas básicas, intermediárias e avançadas das entrevistas da AWS, juntamente com perguntas baseadas em situações do mundo real. Ele abrange todas as áreas, garantindo uma estratégia de preparação completa.
abr. de 2024  · 15 min leer

Navegar pelo complexo cenário da Amazon Web Services (AWS) pode ser difícil, especialmente quando você está se preparando para uma entrevista importante.

Essa jornada pode parecer ainda mais assustadora para os profissionais de dados juniores que estão apenas começando suas carreiras no vasto campo da ciência de dados, bem como para os especialistas em dados experientes que estão sempre em busca das últimas atualizações para aprimorar suas habilidades.

O objetivo principal deste guia é facilitar a compreensão do processo de entrevista da AWS, oferecendo uma lista cuidadosamente selecionada de perguntas e respostas de entrevistas. Essa gama inclui tudo, desde os princípios básicos que formam a base do amplo ecossistema da AWS até as perguntas detalhadas e baseadas em cenários que testam seu profundo conhecimento e uso prático dos serviços da AWS.

Quer você esteja no início de sua carreira na área de dados ou seja um profissional experiente, este artigo tem como objetivo fornecer o conhecimento e a confiança necessários para responder a qualquer pergunta de entrevista da AWS. Ao explorar perguntas básicas, intermediárias e avançadas de entrevistas da AWS, juntamente com perguntas baseadas em situações do mundo real, este guia tem como objetivo cobrir todas as áreas importantes, garantindo uma estratégia de preparação completa.

Por que a AWS?

Antes de explorar as perguntas e as respostas, é importante entender por que vale a pena considerar a nuvem da AWS como a plataforma de entrada.

O gráfico a seguir fornece a participação no mercado mundial dos principais provedores de serviços de infraestrutura em nuvem para o segundo trimestre (Q2) de 2023. Abaixo está um detalhamento das participações de mercado descritas:

  • A Amazon Web Services (AWS) tem a maior participação de mercado, com 32%.
  • O Microsoft Azure vem em seguida, com 22%.
  • O Google Cloud detém 11% do mercado.
  • A Alibaba Cloud tem uma participação de 4%.
  • Tanto o IBM Cloud quanto o Salesforce têm 3% cada.
  • A Oracle e a Tencent Cloud estão em último lugar, com 2% cada.

image1.png

Fonte(Statista)

O gráfico também inclui uma observação de que os dados incluem plataforma como serviço (PaaS) e infraestrutura como serviço (IaaS), bem como serviços de nuvem privada hospedados. Além disso, há uma menção de que a receita de serviços de infraestrutura em nuvem no segundo trimestre de 2023 foi de US$ 65 bilhões.

A Amazon Web Services (AWS) continua a ser a empresa dominante no mercado de nuvem no segundo trimestre de 2023, mantendo uma vantagem significativa sobre seu concorrente mais próximo, o Microsoft Azure.

A liderança da AWS no mercado de nuvem destaca sua importância para o aprimoramento de habilidades e oferece vantagens significativas para a carreira devido à sua ampla adoção e ao valor atribuído às habilidades da AWS no setor de tecnologia.

Nossa comparação de serviços AWS, Azure e GCP para ciência de dados e IA fornece uma comparação dos principais serviços necessários para o trabalho relacionado a dados e IA, da engenharia de dados à análise de dados e da ciência de dados à criação de aplicativos de dados.

Perguntas básicas da entrevista da AWS

Começando com os fundamentos, esta seção apresenta as perguntas básicas da entrevista da AWS, essenciais para a construção de um entendimento básico. Ele é feito sob medida para os novatos na AWS ou para quem precisa de uma atualização, preparando o terreno para uma exploração mais detalhada posteriormente.

1. O que é computação em nuvem?

A computação em nuvem oferece acesso sob demanda a recursos de TI, como computação, armazenamento e bancos de dados, pela Internet. Os usuários pagam apenas pelo que usam, em vez de possuírem uma infraestrutura física.

A nuvem permite o acesso a serviços de tecnologia de forma flexível, conforme necessário, sem grandes investimentos iniciais. Os principais provedores, como a AWS, oferecem uma ampla variedade de serviços em nuvem por meio do modelo de consumo "pague conforme o uso". Nosso curso AWS Cloud Concepts abrange muitos desses conceitos básicos.

2. Qual é o problema da abordagem tradicional de TI em comparação com o uso da nuvem?

Vários setores estão se afastando da TI tradicional para adotar infraestruturas de nuvem por vários motivos. Isso ocorre porque a abordagem de nuvem oferece maior agilidade comercial, inovação mais rápida, dimensionamento flexível e menor custo total de propriedade em comparação com a TI tradicional. Abaixo estão algumas das características que os diferenciam:

TI tradicional

Computação em nuvem

  • Requer grandes investimentos iniciais de capital
  • Capacidade limitada de dimensionamento com base na demanda
  • Ciclos demorados de aquisição e provisionamento
  • Maior custo de manutenção
  • Agilidade e inovação limitadas
  • Nenhum investimento inicial em infraestrutura
  • Pagamento conforme o uso com base na utilização
  • Dimensionamento rápido para atender à demanda
  • Redução da sobrecarga de manutenção
  • Inovação mais rápida e novas iniciativas de TI
  • Maior agilidade e capacidade de resposta

3. Quantos tipos de modelos de implantação existem na nuvem?

Há três tipos diferentes de modelos de implantação na nuvem, ilustrados a seguir:

  • Nuvem privada: esse tipo de serviço é usado por uma única organização e não é exposto ao público. Ele é adaptado para organizações que usam aplicativos confidenciais.
  • Nuvem pública: esses recursos de nuvem são de propriedade e operados por serviços de nuvem de terceiros, como Amazon Web Services, Microsoft Azure e todos os mencionados na seção de participação de mercado da AWS.
  • Nuvem híbrida: é a combinação de nuvens públicas e privadas. Ele foi projetado para manter alguns servidores no local e estender os recursos restantes para a nuvem. A nuvem híbrida oferece a flexibilidade e a relação custo-benefício da nuvem pública.

4. Quais são as cinco características da computação em nuvem?

A computação em nuvem é composta por cinco características principais, ilustradas a seguir:

  • Autoatendimento sob demanda: Os usuários podem fornecer serviços de nuvem conforme necessário, sem interação humana com o provedor de serviços.
  • Amplo acesso à rede: Os serviços estão disponíveis na rede e são acessados por meio de mecanismos padrão, como telefones celulares, laptops e tablets.
  • Multi-tenacidade e agrupamento de recursos: Os recursos são agrupados para atender a vários clientes, com diferentes recursos virtuais e físicos atribuídos dinamicamente com base na demanda.
  • Elasticidade e escalabilidade rápidas: Os recursos podem ser provisionados de forma elástica e escalonados para cima ou para baixo de forma rápida e automática para adequar a capacidade à demanda.
  • Serviço medido: O uso de recursos é monitorado, controlado, relatado e cobrado de forma transparente com base na utilização. O uso pode ser gerenciado, controlado e relatado, proporcionando transparência para o provedor e o consumidor.

5. Quais são os principais tipos de computação em nuvem?

Há três tipos principais de computação em nuvem: IaaS, PaaS e SaaS

  • Infraestrutura como serviço (IaaS): Fornece blocos de construção básicos para TI em nuvem, como computação, armazenamento e rede, que os usuários podem acessar sob demanda sem precisar gerenciar a infraestrutura subjacente. Exemplos: AWS EC2, S3, VPC.
  • Plataforma como serviço (PaaS): Fornece uma plataforma ou ambiente gerenciado para desenvolver, implementar e gerenciar aplicativos baseados em nuvem sem a necessidade de criar a infraestrutura subjacente. Exemplos: AWS Elastic Beanstalk, Heroku
  • Software como serviço (SaaS): Fornece acesso a aplicativos completos para o usuário final executados na nuvem que os usuários podem usar pela Internet. Os usuários não gerenciam a infraestrutura ou as plataformas. Exemplos: AWS Simple Email Service, Google Docs, Salesforce CRM.

Você pode explorá-los com mais detalhes em nosso curso Entendendo a computação em nuvem.

6. O que é o Amazon EC2 e quais são seus principais usos?

O Amazon EC2 (Elastic Compute Cloud) fornece servidores virtuais escaláveis chamados instâncias na nuvem do AWS. Ele é usado para executar uma variedade de cargas de trabalho de forma flexível e econômica. Alguns de seus principais usos estão ilustrados abaixo:

  • Hospedar sites e aplicativos da Web
  • Executar processos de back-end e trabalhos em lote
  • Implementar soluções de nuvem híbrida
  • Obter alta disponibilidade e escalabilidade
  • Reduzir o tempo de colocação no mercado de novos casos de uso

7. O que é o Amazon S3 e por que ele é importante?

O Amazon Simple Storage Service (S3) é um serviço de armazenamento de objetos versátil, escalável e seguro. Ele serve como base para muitos aplicativos e cargas de trabalho baseados em nuvem. Abaixo estão alguns recursos que destacam sua importância:

  • Durável, com 99,999999999% de durabilidade e 99,99% de disponibilidade, o que o torna adequado para dados críticos.
  • Oferece suporte a recursos de segurança robustos, como políticas de acesso, criptografia e endpoints de VPC.
  • Integra-se perfeitamente a outros serviços do AWS, como Lambda, EC2, EBS, só para citar alguns.
  • A baixa latência e a alta taxa de transferência o tornam ideal para análise de big data, aplicativos móveis, armazenamento e fornecimento de mídia.
  • Recursos de gerenciamento flexíveis para monitoramento, registros de acesso, replicação, controle de versão e políticas de ciclo de vida.
  • Com o suporte da infraestrutura global da AWS para acesso de baixa latência em todo o mundo.

8. Explicar o conceito de "Regiões" e "Zonas de disponibilidade" no AWS

  • As regiões da AWS correspondem a localizações geográficas separadas onde os recursos da AWS estão localizados. As empresas escolhem regiões próximas a seus clientes para reduzir a latência, e a replicação entre regiões proporciona uma melhor recuperação de desastres.
  • As zonas de disponibilidade consistem em um ou mais data centers discretos com energia, rede e conectividade redundantes. Eles permitem a implementação de recursos de uma forma mais tolerante a falhas.

Nosso curso AWS Cloud Concepts oferece aos leitores um guia completo para conhecer os principais serviços centrais da AWS, as práticas recomendadas para projetar aplicativos da AWS e os benefícios do uso da AWS para as empresas.

Perguntas da entrevista da AWS para intermediários e experientes

Perguntas da entrevista sobre DevOps da AWS

Passando para funções especializadas, a ênfase aqui está em como a AWS oferece suporte às práticas de DevOps. Esta parte examina a automação e a otimização dos ambientes da AWS, desafiando os indivíduos a demonstrarem suas habilidades no aproveitamento da AWS para integração e entrega contínuas.

9. Como você usa o AWS CodePipeline para automatizar um pipeline de CI/CD para um aplicativo de várias camadas?

O CodePipeline pode ser usado para automatizar o fluxo desde o check-in do código até a criação, o teste e a implantação em vários ambientes para agilizar a entrega de atualizações e, ao mesmo tempo, manter altos padrões de qualidade.

As etapas a seguir podem ser seguidas para automatizar um pipeline de CI/CD:

  • Criar um pipeline: Comece criando um pipeline no AWS CodePipeline, especificando seu repositório de código-fonte (por exemplo, GitHub, AWS CodeCommit).
  • Definir o estágio de construção: Conecte-se a um serviço de compilação como o AWS CodeBuild para compilar seu código, executar testes e criar artefatos implantáveis.
  • Etapas de implantação da configuração: Configure os estágios de implantação para cada camada do seu aplicativo. Use o AWS CodeDeploy para automatizar as implantações nas instâncias do Amazon EC2, no AWS Elastic Beanstalk para aplicativos da Web ou no AWS ECS para aplicativos em contêineres.
  • Adicionar etapas de aprovação (opcional): Para ambientes críticos, insira etapas de aprovação manual antes dos estágios de implementação para garantir a qualidade e o controle.
  • Monitore e alterne: Monitore o desempenho do pipeline e ajuste-o conforme necessário. Utilize o feedback e a iteração para melhorar continuamente o processo de implantação.

10. Quais fatores-chave devem ser considerados no projeto de uma solução de implantação na AWS para provisionar, configurar, implantar, dimensionar e monitorar aplicativos com eficiência?

A criação de uma implantação bem arquitetada da AWS envolve a adaptação dos serviços da AWS às necessidades do seu aplicativo, abrangendo requisitos de computação, armazenamento e banco de dados. Esse processo, complicado pelo vasto catálogo de serviços da AWS, inclui várias etapas cruciais:

  • Provisionamento: Configure a infraestrutura essencial do AWS, como EC2, VPC, sub-redes ou serviços gerenciados como S3, RDS, CloudFront para aplicativos subjacentes.

  • Configuração: Ajuste sua configuração para atender a requisitos específicos relacionados ao ambiente, à segurança, à disponibilidade e ao desempenho.

  • Implementação: Implemente ou atualize com eficiência os componentes do aplicativo, garantindo transições de versão suaves.

  • Dimensionamento: Modificar dinamicamente a alocação de recursos com base em critérios predefinidos para lidar com alterações de carga.

  • Monitoramento: Acompanhe o uso de recursos, os resultados da implantação, a integridade do aplicativo e os registros para garantir que tudo seja executado conforme o esperado.

11. O que é Infraestrutura como Código? Descreva com suas próprias palavras

Infraestrutura como código (IaC) é um método de gerenciamento e provisionamento de data centers de computadores por meio de arquivos de definição legíveis por máquina, em vez de configuração de hardware físico ou ferramentas de configuração interativas.

Essencialmente, ele permite que os desenvolvedores e as equipes de operações de TI gerenciem, monitorem e provisionem recursos automaticamente por meio de código, em vez de instalar e configurar manualmente o hardware.

Além disso, a IaC permite que ambientes consistentes sejam implantados de forma rápida e escalonável por meio da codificação da infraestrutura, reduzindo assim o erro humano e aumentando a eficiência.

12. Qual é a sua abordagem para lidar com a integração e a implantação contínuas no AWS DevOps?

No AWS DevOps, a integração e a implantação contínuas podem ser gerenciadas com a utilização do AWS Developer Tools. Comece armazenando e criando versões do código-fonte do seu aplicativo com essas ferramentas.

Em seguida, aproveite serviços como o AWS CodePipeline para orquestrar os processos de criação, teste e implantação. O CodePipeline funciona como a espinha dorsal, integrando-se ao AWS CodeBuild para compilar e testar o código, e ao AWS CodeDeploy para automatizar a implantação em vários ambientes. Essa abordagem simplificada garante fluxos de trabalho eficientes e automatizados para integração e entrega contínuas.

13. Como o Amazon ECS beneficia o AWS DevOps?

O Amazon ECS é um serviço de gerenciamento de contêineres escalável que simplifica a execução de contêineres Docker em instâncias EC2 por meio de um cluster gerenciado, aprimorando a implantação e a operação de aplicativos.

14. Por que o ECS pode ser preferido em relação ao Kubernetes?

O ECS oferece maior flexibilidade, escalabilidade e simplicidade na implementação em comparação com o Kubernetes, o que o torna a opção preferida para algumas implementações.

Perguntas da entrevista com o arquiteto de soluções da AWS

Para os arquitetos de soluções, o foco é projetar soluções da AWS que atendam a requisitos específicos. Esse segmento testa a capacidade de criar sistemas dimensionáveis, eficientes e econômicos usando o AWS, destacando as práticas recomendadas de arquitetura.

15. Qual é a função de um arquiteto de soluções da AWS?

Os arquitetos de soluções da AWS projetam e supervisionam aplicativos na AWS, garantindo escalabilidade e desempenho ideal. Eles orientam desenvolvedores, administradores de sistemas e clientes sobre a utilização eficaz da AWS para suas necessidades de negócios e comunicam conceitos complexos para as partes interessadas técnicas e não técnicas.

16. Quais são as principais práticas recomendadas de segurança para o AWS EC2?

As práticas essenciais de segurança do EC2 incluem o uso do IAM para gerenciamento de acesso, restrição de acesso a hosts confiáveis, minimização de permissões, desativação de logins baseados em senha para AMIs e implementação de autenticação multifator para aumentar a segurança.

17. O que é o AWS VPC e sua finalidade?

O Amazon VPC permite a implantação de recursos do AWS em uma rede virtual que é arquitetonicamente semelhante a uma rede tradicional de data center, oferecendo a vantagem da infraestrutura escalável do AWS.

18. Quais são as estratégias para criar uma arquitetura AWS altamente disponível e tolerante a falhas para aplicativos críticos da Web?

A criação de uma arquitetura altamente disponível e tolerante a falhas no AWS envolve várias estratégias para reduzir o impacto da falha e garantir a operação contínua. Os princípios fundamentais incluem:

  • Implementação de redundância nos componentes do sistema para eliminar pontos únicos de falha
  • Usar o balanceamento de carga para distribuir o tráfego uniformemente e garantir o desempenho ideal
  • Configuração do monitoramento automatizado para detecção e resposta a falhas em tempo real. Os sistemas devem ser projetados para serem dimensionados para lidar com cargas variáveis, com uma arquitetura distribuída para aumentar a tolerância a falhas.
  • Empregar o isolamento de falhas, backups regulares e planos de recuperação de desastres é essencial para a proteção de dados e a recuperação rápida.
  • Além disso, o projeto para degradação graciosa mantém a funcionalidade durante as interrupções, enquanto as práticas de teste e implementação contínuas aumentam a confiabilidade do sistema.

19. Explique como você escolheria entre o Amazon RDS, o Amazon DynamoDB e o Amazon Redshift para um aplicativo orientado por dados.

A escolha entre Amazon RDS, DynamoDB e Redshift para um aplicativo orientado por dados depende de suas necessidades específicas:

  • O Amazon RDS é ideal para aplicativos que exigem um banco de dados relacional tradicional com suporte a SQL padrão, transações e consultas complexas.
  • O Amazon DynamoDB é adequado para aplicativos que precisam de um banco de dados NoSQL altamente escalável, com desempenho rápido e previsível em qualquer escala. É excelente para modelos de dados flexíveis e desenvolvimento rápido.
  • O Amazon Redshift é o melhor para aplicativos analíticos que exigem consultas complexas em grandes conjuntos de dados, oferecendo um desempenho de consulta rápido com o uso de armazenamento colunar e tecnologia de armazenamento de dados.

20. Que considerações você levaria em conta ao migrar um aplicativo existente no local para o AWS? Use um exemplo de escolha.

Ao transferir o software de gerenciamento de relacionamento com o cliente (CRM) de uma empresa de uma configuração de servidor interno para o Amazon Web Services (AWS), é essencial seguir uma estrutura estratégica semelhante à sugerida pelo AWS, adaptada para esse cenário específico:

  • Preparação inicial e formação de estratégia
    • Avaliar a configuração do CRM existente para identificar limitações e áreas de melhoria.
    • Defina metas claras de migração, como obter melhor escalabilidade, aprimorar os recursos de análise de dados ou reduzir os custos de manutenção.
    • Identifique as soluções AWS necessárias, como aproveitar o Amazon EC2 para recursos de computação e o Amazon RDS para gerenciar o banco de dados.
  • Avaliação e planejamento de estratégias
    • Catalogue os componentes do CRM para priorizar quais partes devem ser migradas primeiro.
    • Selecione as técnicas de migração adequadas, por exemplo, mover o banco de dados CRM com o AWS Database Migration Service (DMS).
    • Planeje uma conexão de rede estável durante a mudança, possivelmente usando o AWS Direct Connect.
  • Execução e validação
    • Mapeie uma estratégia de migração detalhada, começando com módulos de CRM menos críticos, como um teste.
    • Obtenha a aprovação das principais partes interessadas antes de migrar as principais funções de CRM, empregando os serviços da AWS.
    • Teste o desempenho e a segurança do CRM migrado no AWS, fazendo ajustes conforme necessário.
  • Transição para a operação em nuvem
    • Passe a gerenciar totalmente o aplicativo de CRM no ambiente da AWS, eliminando gradualmente os componentes antigos no local.
    • Utilize o conjunto de ferramentas de monitoramento e gerenciamento da AWS para supervisão e refinamento contínuos.
    • Aplique os insights obtidos com essa migração para informar futuras transições, considerando uma adoção mais ampla da nuvem em outros aplicativos.

Essa abordagem garante que a migração do CRM para a AWS esteja alinhada aos objetivos estratégicos da empresa, maximizando os benefícios da computação em nuvem em termos de escalabilidade, eficiência e economia de custos.

21. Descreva como você usaria os serviços da AWS para implementar uma arquitetura de microsserviços.

A implementação de uma arquitetura de microsserviço envolve a divisão de um aplicativo de software em serviços pequenos e independentes que se comunicam por meio de APIs. Aqui está um guia conciso sobre a configuração de microsserviços:

  • Adotar o desenvolvimento ágil: Use metodologias ágeis para facilitar o rápido desenvolvimento e a implantação de microsserviços individuais.
  • Adote o design que prioriza a API: Desenvolva APIs para interação de microsserviços primeiro para garantir uma comunicação clara e consistente entre os serviços.
  • Aproveite as práticas de CI/CD: Implemente a integração contínua e a entrega contínua (CI/CD) para automatizar os testes e a implantação, aumentando a velocidade e a confiabilidade do desenvolvimento.
  • Incorporar os princípios do aplicativo dos Doze Fatores: Aplique esses princípios para criar serviços escalonáveis e passíveis de manutenção que sejam fáceis de implementar em plataformas de nuvem como a AWS.
  • Escolha o padrão de arquitetura correto: Considere padrões orientados por API, orientados por eventos ou de streaming de dados com base nas necessidades do seu aplicativo para otimizar a comunicação e o fluxo de dados entre os serviços.
  • Aproveite o AWS para implantação: Use os serviços da AWS, como tecnologias de contêineres para microsserviços dimensionáveis ou computação sem servidor, para reduzir a complexidade operacional e se concentrar na criação da lógica do aplicativo.
  • Implementar princípios sem servidor: Quando apropriado, use arquiteturas sem servidor para eliminar o gerenciamento da infraestrutura, dimensionar automaticamente e pagar apenas pelo que você usa, aumentando a eficiência do sistema e a relação custo-benefício.
  • Garantir a resiliência do sistema: Projete microsserviços para tolerância a falhas e resiliência, usando os recursos de disponibilidade incorporados da AWS para manter a continuidade do serviço.
  • Foco em aspectos entre serviços: Abordar o monitoramento distribuído, o registro, o rastreamento e a consistência dos dados para manter a integridade e o desempenho do sistema.
  • Revisão com a estrutura bem arquitetada da AWS: Use a ferramenta AWS Well-Architected Tool para avaliar sua arquitetura em relação às práticas recomendadas da AWS, garantindo confiabilidade, segurança, eficiência e economia.

Ao considerar cuidadosamente esses pontos, as equipes podem implementar com eficácia uma arquitetura de microsserviço que seja dimensionável, flexível e adequada às necessidades específicas de seus aplicativos, aproveitando ao mesmo tempo os amplos recursos de nuvem da AWS.

22. Qual é a relação entre a AWS Glue e a AWS Lake Formation?

O AWS Lake Formation se baseia na infraestrutura do AWS Glue, incorporando seus recursos de ETL, console de controle, catálogo de dados e arquitetura sem servidor. Enquanto o AWS Glue se concentra nos processos de ETL, o Lake Formation adiciona recursos para criar, proteger e gerenciar data lakes, aprimorando as funções do Glue.

Para as perguntas da entrevista sobre o AWS Glue, é importante entender como o Glue dá suporte à Lake Formation. Os candidatos devem estar prontos para discutir a função do Glue no gerenciamento de data lake no AWS, demonstrando sua compreensão da integração e das funcionalidades de ambos os serviços no ecossistema do AWS. Isso demonstra um profundo entendimento de como esses serviços colaboram para processar e gerenciar dados com eficiência.

Perguntas e respostas avançadas sobre a entrevista com a AWS

Perguntas da entrevista com o engenheiro de dados da AWS

Dirigida aos engenheiros de dados, esta seção se aprofunda nos serviços da AWS para manipulação de dados, incluindo armazenamento e processamento em tempo real. Ele analisa o conhecimento necessário para criar pipelines de dados dimensionáveis com o AWS.

23. Descreva a diferença entre o Amazon Redshift, o RDS e o S3, e quando cada um deles deve ser usado.

  • O Amazon S3 é um serviço de armazenamento de objetos que oferece armazenamento escalável e durável para qualquer quantidade de dados. Ele pode ser usado para armazenar dados brutos e não estruturados, como arquivos de registro, CSVs, imagens etc.
  • O Amazon Redshift é um data warehouse em nuvem otimizado para análise e business intelligence. Ele se integra ao S3 e pode carregar dados armazenados nele para realizar consultas complexas e gerar relatórios.
  • O Amazon RDS fornece bancos de dados relacionais gerenciados, como PostgreSQL, MySQL, etc. Ele pode alimentar aplicativos transacionais que precisam de bancos de dados compatíveis com ACID com recursos como indexação, restrições, etc.

24. Descreva um cenário em que você usaria o Amazon Kinesis em vez do AWS Lambda para processamento de dados. Quais são as principais considerações?

O Kinesis pode ser usado para lidar com grandes quantidades de dados de fluxo contínuo e permite a leitura e o processamento dos fluxos com aplicativos de consumo.

Algumas das principais considerações estão ilustradas abaixo:

  • Volume de dados: O Kinesis pode processar até megabytes por segundo de dados, em comparação com o limite de 6 MB por invocação do Lambda, o que é útil para fluxos de alta taxa de transferência.
  • Processamento de streaming: Os consumidores do Kinesis podem processar continuamente os dados em tempo real à medida que eles chegam, em comparação com as invocações em lote do Lambda, e isso ajuda no processamento de baixa latência.
  • Capacidade de reprodução: Os fluxos do Kinesis retêm dados por um período configurado, permitindo a reprodução e o reprocessamento, se necessário, enquanto o Lambda não é adequado para reprodução.
  • Pedido: Os shards do Kinesis permitem o processamento ordenado de registros relacionados. O Lambda, por outro lado, pode processar fora de ordem.
  • Dimensionamento e paralelismo: Os shards do Kinesis podem ser dimensionados para lidar com a carga. O Lambda pode precisar de orquestração.
  • Integração: O Kinesis se integra bem a outros serviços do AWS, como Firehose, Redshift e EMR para análise.

Além disso, para casos de processamento de fluxo de alto volume, contínuo, ordenado e reproduzível, como a análise em tempo real, o Kinesis oferece suporte nativo a streaming em comparação com a abordagem em lote do Lambda.

Para saber mais sobre streaming de dados, nosso curso Streaming Data with AWS Kinesis and Lambda ajuda os usuários a aprender como aproveitar essas tecnologias para ingerir dados de milhões de fontes e analisá-los em tempo real. Isso pode ajudar a se preparar melhor para as perguntas da entrevista do AWS lambda.

25. Quais são as principais diferenças entre o processamento de dados em lote e em tempo real? Quando você escolheria uma abordagem em vez da outra para um projeto de engenharia de dados?

O processamento em lote envolve a coleta de dados durante um período de tempo e seu processamento em grandes partes ou lotes. Isso funciona bem para analisar dados históricos e menos frequentes.

O processamento de streaming em tempo real analisa os dados continuamente à medida que eles chegam em pequenos incrementos. Ele permite a análise de dados novos e atualizados com frequência.

Para um projeto de engenharia de dados, o streaming em tempo real pode ser escolhido quando:

  • Você precisa de insights imediatos e não pode esperar pela execução de um processo em lote. Por exemplo, a detecção de fraudes.
  • Os dados estão mudando constantemente e a análise precisa acompanhar, como o monitoramento de mídia social.
  • É necessária baixa latência, como para sistemas de negociação automatizados.

O processamento em lote pode ser melhor quando:

  • Os dados históricos precisam de modelagem ou análise complexa, como a previsão de demanda.
  • Os dados vêm de várias fontes que fornecem apenas despejos periódicos.
  • A redução dos custos de processamento é fundamental em relação à velocidade de processamento.

Portanto, o tempo real é melhor para dados que evoluem rapidamente e precisam de análise contínua, enquanto o lote é adequado para dados disponíveis periodicamente que exigem modelagem histórica.

26. O que é um armazenamento de dados operacionais e como ele complementa um data warehouse?

Um armazenamento de dados operacionais (ODS) é um banco de dados projetado para dar suporte a operações comerciais e análises em tempo real. Ele atua como uma plataforma intermediária entre os sistemas transacionais e o data warehouse.

Enquanto um data warehouse contém dados de alta qualidade otimizados para business intelligence e geração de relatórios, um ODS contém dados atualizados, orientados por assunto e integrados de várias fontes.

Abaixo estão os principais recursos de um ODS:

  • Fornece dados em tempo real para monitoramento de operações e tomada de decisões
  • Integra dados em tempo real de várias fontes
  • Ele é otimizado para consultas e análises rápidas em comparação com o armazenamento de longo prazo
  • ODS contém dados granulares e atômicos em comparação com os dados agregados no depósito

Um ODS e um data warehouse são sistemas complementares. O ODS oferece suporte a operações em tempo real usando dados atuais, enquanto o data warehouse permite a geração de relatórios e análises estratégicas, aproveitando dados históricos integrados. Quando combinados, eles fornecem uma plataforma abrangente para as necessidades operacionais e analíticas.

Perguntas baseadas em cenários do AWS

Com foco na aplicação prática, essas perguntas avaliam as habilidades de resolução de problemas em cenários realistas, exigindo uma compreensão abrangente de como empregar os serviços da AWS para enfrentar desafios complexos.

Tipo de caso

Descrição

Solução

Migração de aplicativos

Uma empresa planeja migrar seu aplicativo legado para o AWS. O aplicativo faz uso intensivo de dados e exige acesso de baixa latência para usuários em todo o mundo. Quais serviços e arquitetura do AWS você recomendaria para garantir alta disponibilidade e baixa latência?

  • EC2 para computação
  • S3 para armazenamento
  • CloudFront para fornecimento de conteúdo
  • Route 53 para roteamento de DNS

Recuperação de desastres

Sua organização deseja implementar um plano de recuperação de desastres para suas cargas de trabalho críticas do AWS com um RPO (objetivo de ponto de recuperação) de 5 minutos e um RTO (objetivo de tempo de recuperação) de 1 hora. Descreva os serviços do AWS que você usaria para atingir esses objetivos.

  • Backup para backups regulares de dados e sistemas críticos com um objetivo de pontos de recuperação (RPO) de 5 minutos
  • CloudFormation para definir e provisionar a infraestrutura de recuperação de desastres em várias regiões
  • Ative a replicação entre regiões no S3 para replicar backups entre regiões
  • Configure os alarmes do CloudWatch para monitorar os sistemas e acionar automaticamente o failover se houver problemas

Proteção contra ataques DDos

Considere um cenário em que você precisa projetar uma infraestrutura de aplicativos Web escalonável e segura no AWS. O aplicativo deve lidar com picos repentinos de tráfego e proteger contra ataques DDoS. Quais serviços e recursos da AWS você usaria em seu projeto?

  • CloudFront e Route 53 para fornecimento de conteúdo
  • Grupo de escalonamento automático de EC2 em várias zonas de disponibilidade para escalabilidade
  • Escudo para proteção contra DDoS
  • CloudWatch para monitoramento
  • Web Application Firewall (WAF) para filtrar solicitações maliciosas

Análise de dados em tempo real

Uma startup de IoT quer processar e analisar dados em tempo real de milhares de sensores em todo o mundo. A solução precisa ser altamente escalonável e econômica. Quais serviços do AWS você usaria para criar essa plataforma e como você garantiria que ela fosse dimensionada de acordo com a demanda?

  • Kinesis para ingestão de dados em tempo real
  • EC2 e EMR para processamento distribuído
  • Redshift para consultas analíticas
  • Dimensionamento automático para ajudar a aumentar e diminuir os recursos com base na demanda

Análise de grandes volumes de dados

Uma empresa de serviços financeiros precisa de uma solução de análise de dados na AWS para processar e analisar grandes volumes de dados de transações em tempo real. A solução também deve estar em conformidade com os rigorosos padrões de segurança e conformidade. Como você arquitetaria essa solução usando o AWS e que medidas implementaria para garantir a segurança e a conformidade?

  • Kinesis e Kafka para ingestão de dados em tempo real
  • EMR para processamento de dados distribuídos
  • Redshift para consultas analíticas
  • CloudTrail e Config para fornecer monitoramento de conformidade e gerenciamento de configuração
  • Utilize várias zonas de disponibilidade e políticas de IAM para controle de acesso.

Perguntas não técnicas para entrevistas com a AWS

Além da proeza técnica, entender o impacto mais amplo das soluções da AWS é vital para uma entrevista bem-sucedida. Essas respostas podem ser diferentes de um candidato para outro, dependendo de sua experiência e formação.

27. Como você se mantém atualizado com as tendências da AWS e da tecnologia de nuvem?

  • O que se espera do candidato: O entrevistador quer saber sobre seu compromisso com o aprendizado contínuo e como ele mantém suas habilidades relevantes. Eles estão procurando recursos ou práticas específicas que usam para se manterem informados.
  • Exemplo de resposta: "Eu me mantenho atualizado lendo os blogs oficiais da AWS e participando de fóruns da comunidade, como o subreddit da AWS. Também participo de reuniões e webinars de grupos de usuários locais da AWS. Essas atividades me ajudam a me manter informado sobre os recursos e as práticas recomendadas mais recentes da AWS."

28. Descreva um momento em que você teve que explicar um conceito complexo da AWS para alguém sem formação técnica. Como você fez isso?

  • O que se espera do candidato: Esta pergunta avalia suas habilidades de comunicação e sua capacidade de simplificar informações complexas. O entrevistador está procurando evidências de sua capacidade de ensino e paciência.
  • Exemplo de resposta: "Em minha função anterior, eu tinha que explicar os benefícios do armazenamento em nuvem para nossas partes interessadas não técnicas. Usei a analogia de armazenar arquivos em uma unidade de nuvem em comparação com um disco rígido físico, destacando a facilidade de acesso e a segurança. Isso os ajudou a entender o conceito sem entrar em detalhes técnicos."

29. O que o motiva a trabalhar no setor de computação em nuvem, especificamente com a AWS?

  • O que se espera do candidato: O entrevistador quer avaliar sua paixão pela área e entender o que o motiva. Eles estão procurando motivações genuínas que se alinhem à função e aos valores da empresa.
  • Exemplo de resposta: "O que me entusiasma na computação em nuvem, especialmente na AWS, é seu poder de transformação para dimensionar os negócios e impulsionar a inovação. A constante evolução dos serviços da AWS me motiva a resolver novos desafios e contribuir para projetos impactantes."

30. Você pode descrever um projeto desafiador que gerenciou e como garantiu seu sucesso?

  • O que se espera do candidato: Aqui, o foco está em suas habilidades de gerenciamento de projetos e solução de problemas. O entrevistador está interessado em sua abordagem para superar obstáculos e conduzir projetos até a conclusão.
  • Exemplo de resposta: "Em um projeto anterior, enfrentamos atrasos significativos devido a restrições de recursos. Priorizei tarefas com base no impacto, negociei recursos adicionais e mantive uma comunicação clara com a equipe e as partes interessadas. Essa abordagem nos ajudou a cumprir os marcos do projeto e, por fim, a entregar no prazo."

31. Como você lida com prazos apertados quando vários projetos estão exigindo sua atenção?

  • O que se espera do candidato: Esta pergunta testa suas habilidades de gerenciamento de tempo e priorização. O entrevistador quer saber como você administra o estresse e a carga de trabalho de forma eficaz.
  • Exemplo de resposta: "Eu uso uma combinação de priorização e delegação. Avalio a urgência e o impacto de cada projeto, priorizo adequadamente e delego tarefas quando apropriado. Também me comunico regularmente com as partes interessadas sobre o progresso e os ajustes necessários para cumprir os prazos."

32. O que você acha que diferencia a AWS de outros provedores de serviços em nuvem?

  • O que se espera do candidato: O entrevistador está buscando sua compreensão da proposta de valor exclusiva da AWS. O objetivo é verificar se você tem uma boa noção do que faz da AWS uma líder no setor de nuvem.
  • Exemplo de resposta: "A AWS se diferencia por sua ampla infraestrutura global, que oferece escalabilidade e confiabilidade inigualáveis. Além disso, o compromisso da AWS com a inovação, com uma ampla e profunda gama de serviços, permite soluções de nuvem mais flexíveis e personalizadas em comparação com seus concorrentes."

Preparando-se para sua entrevista com a AWS

A preparação para uma entrevista da AWS envolve mais do que apenas aprimorar as habilidades técnicas. Trata-se de mostrar seu interesse na função, demonstrar seu compromisso contínuo com o aprendizado e articular suas realizações anteriores. Abaixo estão algumas dicas para ajudá-lo a se destacar em sua entrevista na AWS.

  • Função de pesquisa e empresa: Prepare perguntas sobre o futuro da função, as atividades diárias, as oportunidades de crescimento e como a empresa se destaca. Isso demonstra entusiasmo e uma mentalidade proativa.

  • Pratique em voz alta: Ensaie respostas a perguntas comuns em voz alta para melhorar a fluência e a confiança. Praticar com um parceiro pode ajudar a refinar suas respostas e garantir que você cubra todos os pontos principais.

  • Mantenha-se informado sobre a AWS: Acompanhe os recursos e as inovações mais recentes da AWS. Ser capaz de discutir atualizações recentes demonstra seu compromisso em se manter atualizado em sua área.

  • Destaque sua experiência: Prepare exemplos detalhados de como você implementou a AWS com sucesso em projetos anteriores, incluindo resultados e benefícios específicos, como ganhos de eficiência ou aumentos de produtividade.


Conclusão

Este artigo ofereceu um roteiro abrangente de perguntas de entrevistas da AWS para candidatos em vários níveis de especialização - desde aqueles que estão começando a explorar o mundo da AWS até profissionais experientes que buscam elevar suas carreiras.

Quer esteja se preparando para a sua primeira entrevista na AWS ou almejando garantir um cargo mais avançado, este guia é um recurso inestimável. Ele prepara você não apenas para responder às perguntas da entrevista, mas para se envolver profundamente com a plataforma AWS, aprimorando sua compreensão e aplicação de seus vastos recursos.

Temas

Comece sua jornada na AWS hoje mesmo!

Course

Introduction to AWS

2 hr
6.1K
Discover the world of Amazon Web Services (AWS) and understand why it's at the forefront of cloud computing.
See DetailsRight Arrow
Start Course
Veja MaisRight Arrow
Relacionado
Machine Learning Interview Questions

blog

As 25 principais perguntas da entrevista sobre aprendizado de máquina para 2024

Explore as principais perguntas de entrevistas sobre aprendizado de máquina com respostas para estudantes do último ano e profissionais.
Abid Ali Awan's photo

Abid Ali Awan

22 min

blog

Principais perguntas da entrevista do Tableau para 2024 (iniciante a avançado)

Saia na frente em suas entrevistas do Tableau com nosso guia abrangente que cobre perguntas comuns para usuários iniciantes, intermediários e avançados.
Chloe Lubin's photo

Chloe Lubin

19 min

blog

As 25 principais perguntas da entrevista sobre o Excel para todos os níveis

Um guia para as perguntas mais comuns em entrevistas sobre o Excel para usuários iniciantes, intermediários e avançados, para que possam ser aprovados na entrevista técnica.
Chloe Lubin's photo

Chloe Lubin

17 min

blog

As 31 principais perguntas e respostas de entrevistas com analistas de negócios para todos os níveis

Explore perguntas comuns de entrevistas com analistas de negócios e suas respostas para todos os níveis de experiência.
Austin Chia's photo

Austin Chia

18 min

blog

Certificações da AWS em 2024: Níveis, custos e como passar

Explore nosso guia completo sobre as certificações da AWS, incluindo qual é a melhor para você e como passar nos exames. Além disso, descubra os recursos do DataCamp para ajudar!
Adel Nehme's photo

Adel Nehme

20 min

blog

As 45 principais perguntas da entrevista sobre PostgreSQL para todos os níveis

Está se candidatando a um emprego que exige fluência em PostgreSQL? Prepare-se para o processo de entrevista com esta lista abrangente de perguntas sobre o PostgreSQL
Javier Canales Luna's photo

Javier Canales Luna

15 min

See MoreSee More