Pular para o conteúdo principal
InicioBlogSQL

Para que o SQL é usado? 7 Principais usos do SQL

Descubra os usos do SQL em setores e trabalhos específicos. Além disso, saiba por que a linguagem SQL é tão versátil e requisitada.
abr. de 2024  · 11 min leer

O que é SQL?

SQL (Structured Query Language, Linguagem de Consulta Estruturada) é uma linguagem padrão usada para armazenar, recuperar e manipular dados em bancos de dados relacionais.

Ele permite que os usuários finais se comuniquem com os bancos de dados e executem tarefas como criação, atualização e exclusão de bancos de dados. Quase todas as organizações de médio e grande porte usam SQL, incluindo Facebook, Microsoft, LinkedIn e Accenture.

De fato, o SQL foi classificado como o ambiente de banco de dados mais usado e a terceira linguagem de programação mais popular pelo StackOverflow em 2021. Se você estiver curioso sobre SQL versus Python, confira nosso artigo separado comparando os dois. Para entender para que o SQL é usado, vamos primeiro explorar rapidamente o que os bancos de dados fazem. 

Uma introdução aos bancos de dados

Os bancos de dados são coleções de informações estruturadas que são armazenadas e acessadas eletronicamente. Eles facilitam para as empresas a extração, atualização e análise de dados internos, geralmente usando SQL ou linguagens semelhantes.

As empresas usam bancos de dados principalmente porque as planilhas e os arquivos não são escalonáveis. Embora possam ser adequados para pequenas empresas e startups que não coletam grandes quantidades de dados, eles só podem armazenar uma quantidade limitada de informações. 

Um arquivo do Excel, por exemplo, só pode armazenar aproximadamente 1 milhão de linhas de dados e, mesmo assim, o desempenho do sistema ficará consideravelmente mais lento quando os usuários tentarem executar operações complexas nele. Em comparação, os bancos de dados podem carregar mais de 10 milhões de linhas de dados em menos de um minuto.

Além disso, os bancos de dados permitem a fácil manipulação, análise e agregação de dados que simplesmente não podem ser feitas com uma planilha ou arquivo de texto.

Há muitos tipos diferentes de bancos de dados usados pelas organizações para armazenar dados internos, sendo os mais populares os bancos de dados relacionais. 

Os bancos de dados relacionais armazenam pontos de dados com relações predefinidas entre eles e podem ser acessados por meio de uma linguagem chamada SQL. Para obter uma introdução abrangente aos bancos de dados relacionais e como eles funcionam, confira nosso curso.

Para que o SQL é usado? 7 Principais usos do SQL

O SQL tem muitos usos e é usado em marketing, saúde e finanças para análise de dados e negócios, desenvolvimento e ciência de dados. Nesta seção, veremos mais detalhadamente para que serve o SQL, além dos tipos de trabalho que exigem que os funcionários conheçam a linguagem.

Setores que usam SQL

Abaixo, selecionamos algumas das principais áreas em que o SQL é usado para oferecer uma série de resultados diferentes.

1. Usos do SQL em marketing

As equipes de marketing geralmente visam os clientes e lançam promoções com base nos dados do usuário coletados pela organização. 

Na maioria das vezes, esses dados são armazenados em grandes bancos de dados e precisam ser consultados antes que os profissionais de marketing possam usá-los. 

Aqui está um exemplo de como o SQL é usado no campo do marketing:

Anne é executiva de marketing em uma empresa de comércio eletrônico. Sempre que os usuários interagem com o site da empresa, seus dados são coletados e armazenados automaticamente em um banco de dados relacional. Há mais de 1,5 milhão de registros de dados de usuários armazenados no banco de dados.

As variáveis coletadas incluem itens comprados pelo cliente, seu gênero, hora da compra e uma ID de usuário exclusiva.

Aqui está uma visão resumida da tabela do banco de dados que ela precisa consultar:

CustomerID.png

Da tabela acima, Anne precisa extrair todos os detalhes dos clientes que fizeram compras durante uma liquidação em 25 de agosto de 2021. Ela deseja redirecionar esses usuários para uma campanha de marketing semelhante que será realizada no próximo trimestre.

Aqui está uma consulta SQL simples que ela pode escrever para acessar os dados de que precisa em menos de um minuto:

SELECT * FROM customer_data A WHERE CAST (A.Date AS Date) >= '2021-08-25';

Essa consulta retornará os seguintes resultados da tabela exibida acima:

CustomerID Sorted.png

O exemplo acima demonstra o quanto o SQL é útil para extrair informações relevantes e analisar dados comerciais

Como o processo de marketing está se tornando cada vez mais orientado por dados, é uma boa ideia que os profissionais de marketing aprendam SQL básico para que possam tomar decisões informadas ao executar campanhas e segmentar usuários.

2. Usos do SQL em finanças

As organizações geralmente armazenam dados financeiros em bancos de dados, pois eles são altamente seguros e podem ser consultados facilmente. Os profissionais de finanças podem extrair esses dados para tomar decisões orientadas por dados.

Aqui está um exemplo de como as equipes financeiras podem usar o SQL para consultar informações relevantes de bancos de dados:

John é um especialista em finanças que analisa os dados de vendas trimestrais para desenvolver previsões para o próximo ano. Ele também precisa identificar os períodos com um número excepcionalmente baixo de vendas para evitar que isso ocorra novamente.

Aqui está uma tabela de amostra chamada "sales_data" com a qual John precisa trabalhar:

Sales Data.png

Essa é uma consulta SQL simples que ele pode escrever para identificar meses com vendas abaixo da média:

SELECT Month_of_Year, Sales FROM sales_data
WHERE Sales < (SELECT AVG(Sales) FROM sales_data);

Ele pode usar os resultados dessa consulta para identificar padrões nas vendas e usá-los para criar um plano financeiro para o próximo ano.

Além do caso de uso exibido acima, as equipes financeiras também podem usar o SQL para identificar tendências de receita e vendas ao longo do tempo. A linguagem pode ser usada para fornecer aos tomadores de decisão uma visão clara dos KPIs financeiros, como o lucro líquido e os custos da empresa.

3. Usos do SQL no setor de saúde

O SQL é frequentemente usado para manipular e analisar informações de pacientes armazenadas em bancos de dados clínicos. Por exemplo, ele pode ser usado para criar painéis sobre os dados de saúde do usuário, gerar relatórios de pacientes com base em informações de profissionais médicos e até mesmo criar pesquisas em grandes bancos de dados, como o rastreador da Covid-19.

Aqui está um exemplo de como o SQL é usado no domínio da saúde:

Uma organização beneficente sem fins lucrativos coleta dados relacionados a uma doença mortal que é predominante em áreas rurais. Em seguida, os voluntários visitam as áreas de alto risco com o maior número de infecções para administrar vacinas e conter a disseminação da doença.

Aqui estão cinco linhas de um banco de dados de amostra criado pela organização:

Regiões.png

Essa é uma consulta SQL que pode ser escrita para identificar as 10 principais regiões com o maior número de infecções:

SELECT * from diseases
ORDER BY Cases DESC
LIMIT 10

Embora a consulta acima seja útil, é ineficiente que os voluntários a executem diariamente para encontrar regiões de alto risco. Em vez disso, o banco de dados SQL pode ser conectado a um painel de controle em tempo real que visualiza o número de infecções em diferentes regiões. 

Aqui está um exemplo de painel de controle da Covid-19 que faz exatamente isso:

Painel de controle da Covid.png

Fonte

Os casos de uso acima nos mostram que o SQL tem aplicações em muitos domínios. Ele é usado em quase todos os setores para analisar dados e gerar ganhos comerciais.

Por isso, vale a pena que profissionais não técnicos aprendam SQL básico para que possam interagir com bancos de dados e coletar as informações necessárias para tomar decisões cotidianas.

Como o SQL é usado em trabalhos específicos

Agora que sabemos para que o SQL é usado em vários setores, vamos dar uma olhada em alguns trabalhos específicos que utilizam seus poderes. 

4. SQL para desenvolvimento móvel e web

Os desenvolvedores usam SQL ao criar aplicativos móveis e da Web. Quando você instala um aplicativo móvel e cria um nome de usuário e uma senha, eles são imediatamente traduzidos em um código que não pode ser decifrado por invasores e armazenado com segurança em um banco de dados usando SQL. 

Da mesma forma, quando você interage com o aplicativo, assina um boletim informativo ou faz uma compra on-line, seus dados são coletados e armazenados em um banco de dados. 

Os desenvolvedores de aplicativos e dispositivos móveis de back-end precisam ser fluentes em SQL para executar tarefas de processamento de dados e criar uma experiência agradável para o usuário.

5. SQL para análise de dados

Os analistas de dados são profissionais qualificados que identificam tendências nos dados para ajudar no processo de tomada de decisões da empresa. Eles usam SQL para extração e análise de dados para gerar insights acionáveis.

Os gerentes e as partes interessadas usam os padrões descobertos pelos analistas de dados para tomar decisões que agregam valor comercial à organização.

Os analistas de dados são alguns dos profissionais mais procurados do mundo. Faça o curso de Analista de Dados em SQL para iniciar sua transição para a área hoje mesmo.

6. SQL para análise de negócios

Os analistas de negócios identificam áreas de melhoria na organização e geram recomendações para fortalecer os processos de negócios.

Eles podem trabalhar em diferentes áreas da empresa, como TI ou desenvolvimento de pessoal, e precisam recomendar mudanças nessas divisões com base nos dados disponíveis.

Isso significa que os analistas de negócios não precisam apenas coletar e analisar dados usando SQL, mas também criar painéis interativos para apresentar suas descobertas à alta gerência. 

O SQL pode consultar bancos de dados conectados em tempo real com ferramentas de visualização, como o Tableau e o PowerBI, o que o torna uma linguagem ideal para ser usada por analistas de negócios.

Se você deseja se tornar um analista de negócios ou já é um analista e quer aprimorar suas habilidades em SQL, confira nosso curso de habilidades em SQL para analistas de negócios.

7. SQL para ciência de dados

A ciência de dados envolve a extração de percepções dos dados, e o SQL é fundamental para isso, especialmente em modelagem e análise preditivas. O SQL é crucial para:

  1. Extração e pré-processamento de dados: Vital para consultar e preparar dados de bancos de dados, permitindo a filtragem, a classificação e a agregação de conjuntos de dados de alta qualidade.
  2. Análise Exploratória de Dados (EDA): Ajuda os cientistas de dados a entender padrões e correlações em bancos de dados, auxiliando na formação de hipóteses e abordagens de modelagem.
  3. Engenharia de recursos: Usado para criar novas variáveis a partir de dados existentes para aprimorar o desempenho do modelo, utilizando as funções do SQL e os recursos de união de tabelas.
  4. Processamento de dados para aprendizado de máquina: Transforma e estrutura dados para aprendizado de máquina, lidando com normalização, valores ausentes e codificação categórica.
  5. Integração com ferramentas analíticas: Integra-se perfeitamente com ferramentas e linguagens como Python e R, combinando a manipulação de dados do SQL com análises avançadas.
  6. Escalabilidade e desempenho: Lida com grandes volumes de dados de forma eficiente, o que é crucial para ambientes com tempo e recursos limitados.
  7. Relatórios e visualização: Gera conjuntos de dados para ferramentas de visualização e software de geração de relatórios, garantindo relatórios precisos e atualizados.
  8. Ciência de dados em tempo real: A capacidade de consulta e processamento rápidos é essencial para aplicativos em tempo real, como preços dinâmicos, detecção de fraudes e sistemas de recomendação.

Por que você deve aprender SQL para a ciência de dados?

Quando a maioria das pessoas pensa em ciência de dados, suas mentes geralmente se voltam para a análise preditiva e a modelagem de aprendizado de máquina. No entanto, você só pode criar modelos de aprendizado de máquina se tiver os dados necessários para isso. No mundo real, esses dados raramente serão entregues a você em uma planilha limpa e estruturada, como acontece no Kaggle.

Você precisa acessar o banco de dados da empresa, coletar os dados necessários e pré-processá-los antes de começar a criar modelos preditivos. Como mencionado acima, a maioria das empresas armazena dados em bancos de dados relacionais, o que significa que você precisa conhecer SQL para fazer isso.

De fato, de acordo com um estudo recente, o SQL é um requisito em quase 65% de todas as listas de empregos de ciência de dados. Isso significa que, mesmo que você saiba Python, estará perdendo cerca de 3 em cada 5 oportunidades de emprego se não tiver habilidades em SQL.

Se você ainda não está convencido, aqui está a descrição do cargo de cientista de dados da Meta que lista o SQL como uma habilidade obrigatória:

Meta descrição do cargo.png

Leia nosso artigo para saber o que você pode fazer com o SQL se dominar a linguagem. 

Como aprender SQL para ciência de dados

Se você não tem nenhum conhecimento prévio de SQL, faça nosso curso de Introdução ao SQL para aprender sobre os fundamentos da linguagem. Este programa o ensinará sobre organização de dados, como as tabelas são estruturadas em bancos de dados e os princípios de construção de bancos de dados. Você aprenderá a selecionar dados de bancos de dados e a realizar a manipulação básica de dados. 

Depois de aprender os conceitos básicos de SQL, faça o curso SQL Intermediário para aprender a analisar dados com SQL. Este curso aborda conceitos como filtragem de dados, classificação, agrupamento e funções agregadas. Essas operações o ensinarão a descobrir insights e identificar tendências em grandes quantidades de dados.

Em seguida, faça o curso Joining Data in SQL para saber como combinar duas ou mais tabelas de banco de dados. Esse é, sem dúvida, um dos tipos mais importantes de consulta SQL que é usado diariamente pelos cientistas de dados.

Em seguida, faça Manipulação de dados em SQL para aprender funções SQL mais avançadas, como subconsultas e funções de janela.

Os cursos acima devem lhe dar uma boa noção de SQL. Os conceitos aprendidos nesses cursos o prepararão para as perguntas da entrevista sobre ciência de dados SQL. 

No entanto, para realmente se tornar proficiente em um idioma e usá-lo no mundo real, você precisa aplicar o conhecimento que adquiriu. 

Faça o programa Applying SQL to Real World Problems (Aplicando SQL a problemas do mundo real ) para aprender a resolver problemas de negócios usando SQL. As consultas que você escrever ao fazer o curso podem ser incluídas em seu portfólio de ciência de dados e aumentarão suas chances de conseguir um emprego na área.

Considerações finais

O SQL não é apenas uma linguagem de programação, mas uma ferramenta essencial em vários setores. Sua capacidade de gerenciar e analisar com eficiência grandes conjuntos de dados o torna indispensável em nosso mundo cada vez mais orientado por dados. Seja em marketing, finanças, saúde ou tecnologia, a versatilidade do SQL permite que os profissionais liberem o potencial dos dados, levando a decisões informadas e soluções inovadoras.

Para qualquer pessoa que esteja navegando no cenário digital, aprender SQL não é apenas um aprimoramento de suas habilidades técnicas, mas uma etapa necessária para preparar sua carreira para o futuro. Como os dados continuam a impulsionar os negócios e a tecnologia, o SQL continua sendo uma habilidade essencial para aproveitar o poder das informações em qualquer campo. Faça hoje mesmo o nosso curso de habilidades SQL Fundamentals e aprenda a escrever consultas SQL e a começar a analisar seus dados. 

Perguntas frequentes sobre usos do SQL

O SQL é uma linguagem de programação?

Sim, o SQL é uma linguagem de programação, pois é Turing completo. Em palavras simples, uma linguagem que seja Turing completa deve ser capaz de resolver qualquer problema computacional com tempo e memória suficientes.

Entretanto, diferentemente de linguagens de programação como Java e Python, o SQL só pode interagir com bancos de dados. Ele não pode ser usado para visualizar dados, ler arquivos e criar aplicativos da Web. Por esse motivo, o SQL é chamado de linguagem de programação específica de domínio.

Leia nosso artigo para saber mais sobre o fato de o SQL ser uma linguagem de programação.

Como ser bem-sucedido nas entrevistas sobre SQL em ciência de dados?

As entrevistas de ciência de dados normalmente avaliam os candidatos em tópicos como junções, localização de duplicatas em uma tabela de banco de dados, funções de índice, funções de janela, agrupamento e subconsultas. Todos esses conceitos são abordados no curso de carreira SQL Fundamentals da Datacamp. 

A maioria das empresas fornecerá a você um conjunto de dados de amostra e um problema comercial. Em seguida, você precisa usar uma combinação de funções SQL para escrever uma consulta que resolva o caso de uso em questão. Para praticar a elaboração de consultas que resolvam problemas do mundo real, participe de um dos projetos SQL orientados da Datacamp.

Posso usar SQL para criar modelos de aprendizado de máquina?

Sim, é possível criar modelos de aprendizado de máquina com SQL. O Google Cloud Platform (GCP), um serviço popular de computação em nuvem, lançou recentemente um serviço que permite aos usuários executar consultas SQL no Google BigQuery.

BigQuery é um data warehouse sem servidor usado por organizações para armazenar e gerenciar grandes quantidades de dados. Os dados no BigQuery são armazenados na forma de bancos de dados relacionais estruturados.

BigQuery ML permite que os usuários criem modelos de aprendizado de máquina diretamente no BigQuery usando SQL. Ele oferece suporte a algoritmos como regressão linear, regressão logística, XGBoost, agrupamento K-Means, ARIMA e redes neurais. 

Para saber mais sobre os serviços de computação em nuvem, como o GCP, e como eles funcionam, assista ao Entendendo a computação em nuvem na Datacamp.

Temas

Principais cursos de SQL

Course

Introduction to SQL

2 hr
661.7K
Learn how to create and query relational databases using SQL in just two hours.
See DetailsRight Arrow
Start Course
Veja MaisRight Arrow
Relacionado
SQL Jobs Header

blog

O SQL é uma linguagem de programação?

O SQL é considerado uma linguagem de programação? Analisamos os vários fatores a serem considerados e para que o idioma é usado.
Sejal Jaiswal's photo

Sejal Jaiswal

11 min

SQL Programming Language

blog

O que é SQL? - A linguagem essencial para o gerenciamento de bancos de dados

Saiba tudo sobre o SQL e por que ele é a linguagem de consulta ideal para o gerenciamento de bancos de dados relacionais.
Summer Worsley's photo

Summer Worsley

14 min

blog

SQL Server, PostgreSQL, MySQL... qual é a diferença? Por onde devo começar?

Neste tutorial, você aprenderá algumas das diferenças básicas entre os dialetos SQL e por onde deve começar.
Mona Khalil's photo

Mona Khalil

5 min

tutorial

Exemplos e tutoriais de consultas SQL

Se você deseja começar a usar o SQL, nós o ajudamos. Neste tutorial de SQL, apresentaremos as consultas SQL, uma ferramenta poderosa que nos permite trabalhar com os dados armazenados em um banco de dados. Você verá como escrever consultas SQL, aprenderá sobre
Sejal Jaiswal's photo

Sejal Jaiswal

21 min

tutorial

Tutorial de visão geral do banco de dados SQL

Neste tutorial, você aprenderá sobre bancos de dados em SQL.
DataCamp Team's photo

DataCamp Team

3 min

tutorial

Tutorial do MySQL: Um guia abrangente para iniciantes

Descubra o que é o MySQL e como começar a usar um dos sistemas de gerenciamento de banco de dados mais populares.
Javier Canales Luna's photo

Javier Canales Luna

15 min

See MoreSee More