Pular para o conteúdo principal
InicioBlogData Analysis

O que é análise de dados? Um guia especializado com exemplos

Explore o mundo da análise de dados com nosso guia abrangente. Saiba mais sobre sua importância, processo, tipos, técnicas, ferramentas e as principais carreiras em 2023
Actualizado mai. de 2024  · 15 min leer

O que é análise de dados?

A análise de dados é um método abrangente de inspeção, limpeza, transformação e modelagem de dados para descobrir informações úteis, tirar conclusões e apoiar a tomada de decisões. É um processo multifacetado que envolve várias técnicas e metodologias para interpretar dados de várias fontes em diferentes formatos, tanto estruturados quanto não estruturados.

A análise de dados não é apenas um mero processo; é uma ferramenta que capacita as organizações a tomar decisões informadas, prever tendências e melhorar a eficiência operacional. É a espinha dorsal do planejamento estratégico em empresas, governos e outras organizações.

Considere o exemplo de uma empresa líder em comércio eletrônico. Por meio da análise de dados, eles podem entender o comportamento de compra, as preferências e os padrões de seus clientes. Em seguida, eles podem usar essas informações para personalizar a experiência dos clientes, prever vendas e otimizar estratégias de marketing, o que, em última análise, impulsiona o crescimento dos negócios e a satisfação dos clientes.

Saiba mais sobre como se tornar um analista de dados em nosso artigo separado, que aborda tudo o que você precisa saber sobre como iniciar sua carreira nesse campo e as habilidades que você precisará dominar.

A importância da análise de dados no mundo digital de hoje

Na era da transformação digital, a análise de dados se tornou mais essencial do que nunca. A explosão de dados gerados pelas tecnologias digitais levou ao advento do que hoje chamamos de "Big Data". Essa vasta quantidade de dados, se analisada corretamente, pode fornecer valiosos insights capazes de revolucionar os negócios.

A análise de dados é a chave para desbloquear o potencial do Big Data. Ela ajuda as organizações a entender esses dados, transformando-os em informações úteis. Esses insights podem ser usados para melhorar produtos e serviços, aprimorar experiências, otimizar operações e aumentar a lucratividade.

Um bom exemplo é o setor de saúde. Por meio da análise de dados, os prestadores de serviços de saúde podem prever surtos de doenças, melhorar o atendimento ao paciente e tomar decisões informadas sobre estratégias de tratamento. Da mesma forma, no setor financeiro, a análise de dados pode ajudar na avaliação de riscos, na detecção de fraudes e na tomada de decisões de investimento.

O processo de análise de dados: Um guia passo a passo

O processo de análise de dados é uma abordagem sistemática que envolve vários estágios, sendo cada um deles essencial para garantir a precisão e a utilidade dos resultados. Aqui, nós vamos orientar você em cada etapa, desde a definição dos objetivos até a narrativa dos dados. Você pode saber mais sobre como as empresas analisam os dados em um guia separado.

O processo de análise de dados

O processo de análise de dados em poucas palavras

Etapa 1: Definição de objetivos e perguntas

A primeira etapa do processo de análise de dados é definir os objetivos e formular perguntas claras e específicas que sua análise pretende responder. Essa etapa é fundamental, pois define a direção de todo o processo. Envolve a compreensão do problema ou da situação em questão, a identificação dos dados necessários para abordá-los e a definição de métricas ou indicadores para medir os resultados.

Etapa 2: Coleta de dados

Uma vez definidos os objetivos e as perguntas, a próxima etapa é coletar os dados relevantes. Isso pode ser feito por meio de vários métodos, como pesquisas, entrevistas, observações ou extração de bancos de dados existentes. Os dados coletados podem ser quantitativos (numéricos) ou qualitativos (não numéricos), dependendo da natureza do problema e das perguntas que estão sendo feitas.

Etapa 3: Limpeza de dados

A limpeza de dados, também conhecida como depuração de dados, é uma etapa essencial do processo de análise de dados. Envolve a verificação de erros e inconsistências nos dados e sua correção ou remoção. Essa etapa garante a qualidade e a confiabilidade dos dados, o que é fundamental para obter resultados precisos e significativos da análise.

Etapa 4: Análise de dados

Depois que os dados forem limpos, é hora de fazer a análise propriamente dita. Isso envolve a aplicação de técnicas estatísticas ou matemáticas para descobrir padrões, relacionamentos ou tendências. Há várias ferramentas e softwares disponíveis para essa finalidade, como Python, R, Excel e softwares especializados, como SPSS e SAS.

Etapa 5: Interpretação e visualização de dados

Depois que os dados forem analisados, a próxima etapa é interpretar os resultados e visualizá-los de uma forma que seja fácil de entender. Isso pode envolver a criação de tabelas, gráficos ou outras representações visuais dos dados. A visualização de dados ajuda a tornar dados complexos mais compreensíveis e fornece uma imagem clara das descobertas.

Etapa 6: Narrativa de dados

A etapa final do processo de análise de dados é a narrativa de dados. Isso envolve a apresentação dos resultados da análise em uma forma narrativa que seja envolvente e fácil de entender. A narrativa de dados é fundamental para comunicar os resultados a públicos não técnicos e para tomar decisões baseadas em dados.

Os tipos de análise de dados

A análise de dados pode ser categorizada em quatro tipos principais, cada um servindo a um propósito único e fornecendo diferentes percepções. Essas são análises descritivas, diagnósticas, preditivas e prescritivas.

Quatro tipos de perguntas, quatro tipos de análises

Os quatro tipos de análise

Análise descritiva

A análise descritiva, como o nome sugere, descreve ou resume os dados brutos e os torna interpretáveis. Envolve a análise de dados históricos para entender o que aconteceu no passado.

Esse tipo de análise é usado para identificar padrões e tendências ao longo do tempo.

Por exemplo, uma empresa pode usar a análise descritiva para entender a média de vendas mensais do ano anterior.

Análise diagnóstica

A análise diagnóstica vai um passo além da análise descritiva, determinando por que algo aconteceu. Envolve a exploração mais detalhada dos dados e a comparação de diferentes conjuntos de dados para entender a causa de um determinado resultado.

Por exemplo, se as vendas de uma empresa caíram em um determinado mês, a análise diagnóstica pode ser usada para descobrir o motivo.

Análise preditiva

A análise preditiva usa modelos estatísticos e técnicas de previsão para entender o futuro. Ela envolve o uso de dados do passado para prever o que pode acontecer no futuro. Esse tipo de análise é frequentemente usado na avaliação de riscos, marketing e previsão de vendas.

Por exemplo, uma empresa pode usar a análise preditiva para prever as vendas do próximo trimestre com base em dados históricos.

Análise prescritiva

A análise prescritiva é o tipo mais avançado de análise de dados. Ele não apenas prevê resultados futuros, mas também sugere ações para se beneficiar dessas previsões. Ela usa ferramentas e tecnologias sofisticadas, como aprendizado de máquina e inteligência artificial, para recomendar decisões.

Por exemplo, uma análise prescritiva pode sugerir as melhores estratégias de marketing para aumentar as vendas futuras.

Técnicas de análise de dados

Há várias técnicas usadas na análise de dados, cada uma com sua finalidade e aplicação específicas. Aqui, discutiremos algumas das técnicas mais usadas, incluindo análise exploratória, análise de regressão, simulação de Monte Carlo, análise de fatores, análise de coorte, análise de agrupamentos, análise de séries temporais e análise de sentimentos.

Análise exploratória

A análise exploratória é usada para entender as principais características de um conjunto de dados. Geralmente, é usada no início de um processo de análise de dados para resumir os principais aspectos dos dados, verificar se há dados faltantes e testar suposições. Essa técnica envolve métodos visuais, como gráficos de dispersão, histogramas e gráficos de caixa.

Você pode aprender mais sobre análise exploratória de dados com nosso curso, que aborda como explorar, visualizar e extrair insights de dados usando Python.

Análise de regressão

A análise de regressão é um método estatístico usado para entender a relação entre uma variável dependente e uma ou mais variáveis independentes. É comumente usado para previsão, modelagem de séries temporais e descoberta de relações de causa e efeito entre variáveis.

Temos um tutorial que explora os fundamentos da regressão linear, que é um dos algoritmos de regressão mais usados em áreas como aprendizado de máquina.

Regressão linear e logística

Regressão linear e logística

Análise fatorial

A análise fatorial é uma técnica usada para reduzir um grande número de variáveis a um número menor de fatores. Os fatores são construídos de forma a capturar o máximo possível de informações a partir das variáveis originais. Essa técnica é usada com frequência em pesquisas de mercado, segmentação de clientes e reconhecimento de imagens.

Saiba mais sobre a análise fatorial em R com nosso curso, que explora variáveis latentes, como personalidade, usando análise fatorial exploratória e confirmatória.

Simulação de Monte Carlo

A simulação de Monte Carlo é uma técnica que usa distribuições de probabilidade e amostragem aleatória para estimar resultados numéricos. Ela é usada com frequência na análise de riscos e na tomada de decisões quando há incerteza significativa.

Temos um tutorial que explora os métodos de Monte Carlo em R, bem como um curso sobre simulações de Monte Carlo em Python, que podem estimar uma série de resultados para eventos incertos.

Simulação de Monte Carlo

Exemplo de uma simulação Monte Carlo

Análise de agrupamentos (clusters)

A análise de agrupamentos é uma técnica usada para agrupar um conjunto de objetos de forma que os objetos do mesmo grupo (chamado de cluster) sejam mais semelhantes entre si do que os de outros grupos. Ela é usada com frequência em segmentação de mercado, segmentação de imagens e sistemas de recomendação.

Você pode explorar uma série de técnicas de agrupamento, incluindo agrupamento hierárquico e agrupamento k-means, em nosso curso Cluster Analysis in R (Análise de agrupamento em R ).

Análise de coorte

A análise de coorte é um subconjunto da análise comportamental que obtém dados de um determinado conjunto de dados e os agrupa em grupos relacionados para análise. Esses grupos relacionados, ou coortes, geralmente compartilham características comuns em um período de tempo definido. Essa técnica é frequentemente usada em marketing, engajamento do usuário e análise do ciclo de vida do cliente.

Nosso curso, Customer Segmentation in Python (Segmentação de clientes em Python), explora uma série de técnicas para segmentar e analisar dados de clientes, incluindo análise de coorte.

Exemplo de análise de agrupamento

Gráfico mostrando um exemplo de análise de coorte

Análise de séries temporais

A análise de séries temporais é uma técnica estatística que lida com dados de séries temporais, ou análise de tendências. Ela é usada para analisar a sequência de pontos de dados para extrair estatísticas significativas e outras características dos dados. Essa técnica é usada com frequência na previsão de vendas, na previsão econômica e na previsão do tempo.

Nosso curso de Séries Temporais com Python mostra como manipular e analisar dados de séries temporais, trabalhando com uma variedade de bibliotecas Python.

Análise de sentimento

A análise de sentimento, também conhecida como mineração de opinião, usa processamento de linguagem natural, análise de texto e linguística computacional para identificar e extrair informações subjetivas de materiais de origem. É frequentemente usada no monitoramento de mídia social, monitoramento de marca e compreensão do feedback do cliente.

Para se familiarizar com a análise de sentimentos em Python, você pode fazer nosso curso on-line, que ensinará como realizar uma análise de sentimentos de ponta a ponta.

Ferramentas de análise de dados

No campo da análise de dados, há várias ferramentas disponíveis que atendem a diferentes necessidades, complexidades e níveis de especialização. Essas ferramentas variam de linguagens de programação como Python e R a softwares de visualização como Power BI e Tableau. Vamos examinar algumas dessas ferramentas.

Python

Python é uma linguagem de programação de alto nível e de uso geral que se tornou uma das favoritas entre os analistas e cientistas de dados. Sua simplicidade e legibilidade, aliadas a uma ampla gama de bibliotecas como pandas, NumPy e Matplotlib, fazem dele uma excelente ferramenta para análise e visualização de dados.

Recursos para você começar

R

O R é uma linguagem de programação e um ambiente de software livre projetado especificamente para computação estatística e gráficos. Ele é amplamente utilizado por estatísticos e mineradores de dados para o desenvolvimento de software estatístico e análise de dados. O R oferece uma ampla variedade de técnicas estatísticas e gráficas, incluindo modelagem linear e não linear, testes estatísticos clássicos, análise de séries temporais e muito mais.

Recursos para você começar

  • No nosso curso de Programação em R, você vai conhecer o R e desenvolver as habilidades necessárias para começar a programar em R.
  • Com o curso de Analista de Dados com R, você vai adquirir as habilidades necessárias para iniciar sua jornada para se tornar um analista de dados.
  • Nosso resumo de dicas de Introdução ao R ajuda a dar uma visão geral de como começar a aprender programação em R.

SQL

SQL (Structured Query Language, Linguagem de Consulta Estruturada) é uma linguagem padrão para gerenciar e manipular bancos de dados. Ele é usado para recuperar e manipular dados armazenados em bancos de dados relacionais. O SQL é essencial para tarefas que envolvem gerenciamento ou manipulação de dados em bancos de dados.

Recursos para você começar

Power BI

O Power BI é uma ferramenta de análise de negócios desenvolvida pela Microsoft. Ele fornece visualizações interativas com recursos de autoatendimento. O Power BI é usado para transformar dados brutos em insights significativos por meio de painéis e relatórios fáceis de entender.

Recursos para você começar

Tableau

O Tableau é uma poderosa ferramenta de visualização de dados usada em Business Intelligence. Ele permite criar painéis interativos e compartilháveis, que descrevem tendências, variações e densidade dos dados na forma de tabelas e gráficos.

Recursos para você começar

  • O curso de Fundamentos do Tableau apresenta a ferramenta de business intelligence e ensina como você pode usá-la para limpar, analisar e visualizar dados.
  • Análise de dados no Tableau lhe dará algumas das habilidades avançadas necessárias para aprimorar suas análises e visualizações.
  • Confira nossa ficha de dicas do Tableau, que apresenta os fundamentos de como começar a usar a ferramenta.

Excel

O Microsoft Excel é uma das ferramentas mais usadas para análise de dados. Ele oferece uma variedade de recursos para manipulação de dados, análise estatística e visualização. A simplicidade e a versatilidade do Excel o tornam uma ótima ferramenta para tarefas de análise de dados simples e complexas.

Recursos para você começar

Entendendo o impacto da análise de dados

A análise de dados, seja em pequena ou grande escala, pode ter um impacto profundo no desempenho dos negócios. Ele pode gerar mudanças significativas, levando a uma maior eficiência, maior lucratividade e um entendimento mais profundo das tendências do mercado e do comportamento dos clientes.

Tomada de decisão informada

A análise de dados permite que as empresas tomem decisões informadas com base em fatos, números e tendências, em vez de dependerem de suposições ou intuições. Ela fornece uma base sólida para o planejamento estratégico e a elaboração de políticas, garantindo que os recursos sejam alocados de forma eficaz e que os esforços sejam direcionados para as áreas que trarão mais benefícios.

Impacto nas pequenas empresas

Para as pequenas empresas, até mesmo uma simples análise de dados pode levar a melhorias significativas. Por exemplo, a análise dos dados de vendas pode ajudar a identificar quais produtos estão tendo um bom desempenho e quais não estão. Essas informações podem ser usadas para ajustar as estratégias de marketing, os preços e o gerenciamento de estoques, levando ao aumento das vendas e da lucratividade.

Impacto nas grandes empresas

Para empresas maiores, o impacto da análise de dados pode ser ainda mais profundo. A análise de Big Data pode revelar padrões e tendências complexos que seriam impossíveis de detectar de outra forma. Isso pode levar a insights revolucionários, impulsionando a inovação e dando à empresa uma vantagem competitiva.

Por exemplo, um grande varejista pode usar a análise de dados para otimizar sua cadeia de suprimentos, reduzindo custos e melhorando a eficiência. Ou uma empresa de tecnologia pode usar a análise de dados para entender o comportamento do usuário, o que leva a um design de produto aprimorado e a um melhor envolvimento do usuário.

O papel crucial da análise de dados

No mundo atual, orientado por dados, a capacidade de analisar e interpretar dados é uma habilidade essencial. As empresas que conseguem aproveitar o poder da análise de dados estão mais bem posicionadas para se adaptar às condições de mercado em constante mudança, atender às necessidades dos clientes e impulsionar o crescimento e a lucratividade.

Principais carreiras em análise de dados em 2023

Na era do Big Data, as carreiras em análise de dados estão florescendo. Com a crescente demanda por insights orientados por dados, essas profissões oferecem perspectivas promissoras. Aqui, discutiremos algumas das principais carreiras de análise de dados em 2023, referenciando nosso guia completo sobre as dez principais carreiras de análise.

1. Cientista de dados

Os cientistas de dados são os detetives do mundo dos dados, descobrindo padrões, percepções e tendências a partir de grandes volumes de informações. Eles usam uma combinação de programação, habilidades estatísticas e aprendizado de máquina para dar sentido a conjuntos de dados complexos. Os cientistas de dados não apenas analisam os dados, mas também usam seus insights para influenciar as decisões estratégicas em suas organizações.

Temos um guia completo sobre como se tornar um cientista de dados, que descreve tudo o que você precisa saber para iniciar sua carreira no setor.

Principais habilidades:

  • Proficiência em linguagens de programação como Python ou R
  • Sólidos conhecimentos de estatística e probabilidade
  • Familiaridade com algoritmos de aprendizado de máquina
  • Habilidades de preparação e limpeza de dados
  • Capacidade de comunicar insights de dados complexos de forma clara e compreensível

Ferramentas essenciais:

  • Python, R
  • SQL
  • Jupyter Notebook
  • Bibliotecas de aprendizado de máquina, como Scikit-learn, TensorFlow
  • Bibliotecas de visualização de dados, como Matplotlib, Seaborn

2. Analista de Business Intelligence (BI)

Os analistas de BI são responsáveis por fornecer uma visão clara do desempenho de uma empresa por meio da análise de dados relacionados a tendências de mercado, processos de negócios e concorrência no setor. Eles usam ferramentas e softwares para converter dados complexos em relatórios e painéis de fácil compreensão, ajudando os tomadores de decisão a entender a posição da empresa e a tomar decisões informadas.

Principais habilidades:

  • Fortes habilidades analíticas
  • Proficiência em SQL e outras tecnologias de banco de dados
  • Compreensão dos processos de armazenamento de dados e ETL
  • Capacidade de criar visualizações e relatórios objetivos
  • Visão de negócios

Ferramentas essenciais:

  • SQL
  • Power BI, Tableau
  • Excel
  • Python, R

3. Engenheiro de dados

Os engenheiros de dados são os criadores e mantenedores do pipeline de dados. Eles projetam, constroem, instalam, testam e mantêm sistemas de gerenciamento de dados altamente escalonáveis. Eles também garantem que os dados sejam limpos, confiáveis e pré-processados para que os cientistas de dados realizem análises.

Leia mais sobre o que um engenheiro de dados faz e como você pode se tornar um engenheiro de dados em nosso guia separado.

Principais habilidades:

  • Proficiência em bancos de dados SQL e NoSQL
  • Conhecimento de sistemas distribuídos e arquitetura de dados
  • Familiaridade com ferramentas e processos de ETL
  • Habilidades de programação, especialmente em Python e Java
  • Entendimento dos algoritmos de aprendizado de máquina

Ferramentas essenciais:

  • SQL, NoSQL
  • Hadoop, Spark
  • Python, Java
  • Ferramentas de ETL

4. Analista de negócios

Os analistas de negócios são a ponte entre a TI e as partes interessadas da empresa. Eles usam dados para avaliar processos, determinar requisitos e fornecer recomendações e relatórios baseados em dados para executivos e partes interessadas. Estão envolvidos em planejamento estratégico, análise de modelos de negócios, design de processos e análise de sistemas.

Principais habilidades:

  • Fortes habilidades analíticas
  • Compreensão dos processos e estratégias de negócios
  • Proficiência em SQL
  • Capacidade de se comunicar de forma eficaz com as partes interessadas de TI e de negócios
  • Habilidades de gerenciamento de projetos

Ferramentas essenciais:

  • SQL
  • Excel
  • Power BI, Tableau
  • Python, R

Carreira

Habilidades essenciais

Ferramentas essenciais

Cientista de dados

Proficiência em programação, sólido conhecimento estatístico, familiaridade com aprendizado de máquina, habilidades de preparação de dados e comunicação eficaz.

Python, R, SQL, Scikit-learn, TensorFlow, Matplotlib, Seaborn

Analista de Business Intelligence

Sólidas habilidades analíticas, proficiência em SQL, compreensão de armazenamento de dados e ETL, capacidade de criar visualizações e relatórios e visão de negócios.

SQL, Power BI, Tableau, Excel, Python

Engenheiro de dados

Proficiência em SQL e NoSQL, conhecimento de sistemas distribuídos e arquitetura de dados, familiaridade com ETL, habilidades de programação e compreensão de aprendizado de máquina.

SQL, NoSQL, Hadoop, Spark, Python, Java, ferramentas de ETL

Analista de negócios

Fortes habilidades analíticas, compreensão dos processos de negócios, proficiência em SQL, comunicação eficaz e habilidades de gerenciamento de projetos.

SQL, Excel, Power BI, Tableau, Python

Uma tabela que descreve as diferentes carreiras de análise de dados

Como começar no campo da análise de dados

Embarcar em uma jornada para a análise de dados pode parecer assustador no início, mas com os recursos e a orientação certos, você pode desenvolver as habilidades e os conhecimentos necessários. Essas são algumas etapas que vão ajudar você a começar, com foco nos recursos disponíveis no DataCamp.

Para ter sucesso na análise de dados, você deve construir uma base sólida de conhecimentos, aprimorar as habilidades práticas e acumular experiências valiosas. Comece com estatística, matemática e programação e enfrente projetos do mundo real. Em seguida, ganhe experiência e conecte-se com profissionais da área. Combine conhecimentos, habilidades e experiência para uma carreira bem-sucedida em análise de dados.

Richie CottonData Evangelist at DataCamp

Entenda os princípios básicos

Antes de mergulhar na análise de dados, é importante entender os princípios básicos. Isso inclui familiarizar-se com conceitos estatísticos, tipos de dados e estruturas de dados. Os cursos Introdução à ciência de dados em Python ou Introdução à ciência de dados em R do DataCamp são ótimos pontos de partida.

Aprenda uma linguagem de programação

A análise de dados requer proficiência em pelo menos uma linguagem de programação. Python e R estão entre as opções mais populares devido à sua versatilidade e à vasta gama de bibliotecas que elas oferecem para análise de dados. Oferecemos caminhos de aprendizado abrangentes para Python e R.

Domine a manipulação e a visualização de dados

A manipulação e a visualização de dados são componentes essenciais da análise de dados. Eles permitem que você limpe, transforme e visualize seus dados, facilitando a compreensão e a análise. Cursos como Manipulação de dados com pandas ou Visualização de dados com ggplot2 podem ajudar você a desenvolver essas habilidades.

Mergulhe em técnicas específicas de análise de dados

Depois de dominar os conceitos básicos, você pode se aprofundar em técnicas específicas de análise de dados, como análise de regressão, análise de séries temporais ou aprendizado de máquina. Oferecemos uma ampla variedade de cursos em vários tópicos, permitindo que você se especialize com base em seus interesses e objetivos de carreira.

Prática, prática, prática

O segredo para dominar a análise de dados é a prática. O modo de prática e os projetos do DataCamp oferecem experiência prática com dados do mundo real, ajudando você a consolidar seu aprendizado e aplicar suas habilidades. Você pode encontrar uma lista de 20 projetos de análise de dados para todos os níveis para se inspirar.

Lembre-se de que aprender análise de dados é uma jornada. Não há problema em começar devagar e aumentar gradualmente suas habilidades ao longo do tempo. Com paciência, persistência e os recursos certos, você estará no caminho certo para se tornar um analista de dados proficiente.

Considerações finais

Na era da transformação digital, a análise de dados surgiu como uma habilidade essencial, independentemente de seu campo ou setor. A capacidade de entender os dados, extrair insights e usar esses insights para tomar decisões informadas pode lhe dar uma vantagem significativa no mundo atual orientado por dados.

Seja você um profissional de marketing que busca entender o comportamento do cliente, um profissional da área de saúde que visa melhorar os resultados dos pacientes ou um líder de negócios que busca impulsionar o crescimento e a lucratividade, a análise de dados pode fornecer os insights de que você precisa para ter sucesso.

Lembre-se de que a análise de dados não envolve apenas números e estatísticas. É preciso fazer as perguntas certas, ter curiosidade sobre padrões e tendências e ter a coragem de tomar decisões baseadas em dados. O objetivo é contar uma história com dados, uma história que possa influenciar estratégias, mudar perspectivas e impulsionar a inovação.

Portanto, incentivamos você a aplicar seu conhecimento de análise de dados no seu campo de trabalho. Aproveite o poder dos dados para descobrir insights, tomar decisões informadas e impulsionar o sucesso. O mundo dos dados está ao alcance da sua mão, esperando para ser explorado.

Analista de dados com Python

Data Analyst

AdvancedSkill Level
36hrs
Develop your data analytics skills in Python. Gain the data analyst skills to manipulate, analyze, and visualize data. No coding experience required!

Perguntas frequentes

O que é análise de dados?

A análise de dados é um método abrangente que envolve a inspeção, a limpeza, a transformação e a modelagem de dados para descobrir informações úteis, tirar conclusões e apoiar a tomada de decisões. É um processo que permite que as organizações tomem decisões informadas, prevejam tendências e melhorem a eficiência operacional.

Quais são as etapas do processo de análise de dados?

O processo de análise de dados envolve várias etapas, incluindo a definição de objetivos e perguntas, coleta de dados, limpeza de dados, análise de dados, interpretação e visualização de dados e narrativa de dados. Cada etapa é fundamental para garantir a precisão e a utilidade dos resultados.

Quais são os diferentes tipos de análise de dados?

A análise de dados pode ser categorizada em quatro tipos: análise descritiva, diagnóstica, preditiva e prescritiva. A análise descritiva resume os dados brutos, a análise diagnóstica determina por que algo aconteceu, a análise preditiva usa dados passados para prever o futuro e a análise prescritiva sugere ações com base nas previsões.

Quais são algumas das técnicas de análise de dados mais usadas?

Há várias técnicas de análise de dados, incluindo análise exploratória, análise de regressão, simulação de Monte Carlo, análise de fatores, análise de coorte, análise de agrupamentos, análise de séries temporais e análise de sentimentos. Cada uma tem sua finalidade e aplicação específicas na interpretação dos dados.

Quais são algumas das ferramentas usadas na análise de dados?

A análise de dados geralmente utiliza ferramentas como Python, R e SQL para programação, e Power BI, Tableau e Excel para visualização e gerenciamento de dados.

Como posso começar a aprender análise de dados?

Você pode começar a aprender análise de dados compreendendo os conceitos básicos de estatística, tipos e estruturas de dados. Em seguida, aprenda uma linguagem de programação como Python ou R, domine a manipulação e a visualização de dados e se aprofunde em técnicas específicas de análise de dados.

Como posso me tornar um analista de dados?

Para se tornar um analista de dados, é necessário um sólido conhecimento de técnicas estatísticas e ferramentas de análise de dados. Normalmente, é necessário ter pleno domínio de softwares como Python, R, Excel e softwares especializados como SPSS e SAS. Leia nosso guia completo sobre como se tornar um analista de dados e considere nossa certificação de analista de dados para ser notado pelos recrutadores.

Temas
Relacionado

blog

Como analisar dados para sua empresa em 5 etapas

Descubra as diferentes etapas para analisar dados e extrair valor deles, bem como os métodos e técnicas envolvidos no processo.
Javier Canales Luna 's photo

Javier Canales Luna

14 min

blog

As 9 melhores ferramentas de análise de dados para analistas de dados em 2023

Está pensando em começar uma nova carreira como analista de dados? Aqui está tudo o que você precisa saber sobre as ferramentas de análise de dados que liderarão o setor de ciência de dados em 2023.
Javier Canales Luna's photo

Javier Canales Luna

16 min

Data Analyst surfing on wave of data

blog

9 Habilidades essenciais do analista de dados: Um guia de carreira abrangente

Aprenda habilidades essenciais de analista de dados, tanto técnicas quanto interpessoais, desde programação em Python até comunicação eficaz, para avançar em sua carreira.
Matt Crabtree's photo

Matt Crabtree

9 min

blog

O que é ciência de dados? Definição, exemplos, ferramentas e muito mais

A ciência de dados é um campo interdisciplinar que usa métodos científicos, processos, algoritmos e sistemas para extrair conhecimento e percepções de dados estruturados e não estruturados.
Matt Crabtree's photo

Matt Crabtree

15 min

blog

Analista de dados versus analista de negócios: Quais são as diferenças?

Quais são as principais diferenças entre um analista de dados e um analista de negócios? Leia tudo sobre eles neste guia completo.
Austin Chia's photo

Austin Chia

8 min

blog

Como se tornar um analista de dados em 2024: 5 etapas para iniciar sua carreira

Saiba como se tornar um analista de dados e descubra tudo o que você precisa saber sobre como iniciar sua carreira, incluindo as habilidades necessárias e como aprendê-las.
Elena Kosourova 's photo

Elena Kosourova

20 min

See MoreSee More